Registar

Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Para aceder às notícias de todas as competições clique no menu que se apresenta já de seguida, podendo assim escolher a respetiva competição à qual deseja ter acesso.

 

CENTRAL MENSAGEIRO VOLTA A CELEBRAR O TÍTULO DA PRINCIPAL COMPETIÇÃO DE LISBOA, NUMA ÉPOCA SEM QUALQUER DERROTA!

 

 

Dream Team 5-4 CP4L

O primeiro golo do jogo surge através de um penalti marcado por Felipe Saldanha dos Dream Team, mas logo a seguir Rafael Silva e Leandro Rafael dão a vantagem à equipa do CP4L. Pouco antes do intervalo Tiago Luís marca para a Dream Team e coloca o jogo novamente empatado, resultado com que iriamos para intervalo (2-2). Na 2ª parte o CP4L ainda se coloca em vantagem novamente por Leandro Rafael, vê Felipe Saldanha marcar novamente e empatar tabém novamente a partida, até que Rafael Silva volta a desbloquear o resultado fazendo o 3-4 para o CP4L. Jogo parecia favorável à equipa do CP4L na fase final, mas esta equipa vê depois a Dream Team marcar 2 golos de rajada, com que terminaria assim a partida. Vitória por 5-4 para a Dream Team que lhes garantiu também o 3º Lugar no final da Divisão de Elite.

.

AMBCV 4-6 Black Power

Jogo com um verdadeiro ambiente de Divisão de Elite. Black Power apenas com um suplente apresenta um bom futebol e com 2 golos aos 11 e 13 minutos, sendo um deles de penalti, onde o guarda-redes adversário ainda toca na bola mas não consegue evitar o golo, colocam esta equipa a vencer por 0-2. Paulo Silva da AMBCV fez depois um bom golo na primeira parte através de uma penetração na área desde o meio campo e David Rufo ainda empata o jogo antes do intervalo (2-2). Uma primeira parte bastante equilibrada, mas na segunda um maior domínio por parte dos Black Power, mesmo sem grandes alternativas no banco, viria a mudar o rumo do jogo. Herman Rodrigues em grande destaque pela sua prestação ajudou a equipa com um hat-trick, tendo ainda o Black Power a sua melhor fase do jogo entre os 37 e 47 minutos, onde com 3 golos sem resposta lhes permitiram conseguir uma vantagem de 3 golos, que lhes deu a segurança necessária para vencer uma partida em que entravam com muito menos favoritismo.

.

Central Mensageiro 5-2 Vulcão FC

Jogo equilibrado durante a 1ª parte, mas com o Central Mensageiro a ter mais posse de bola, embora estivessem sem a pontaria desejada para a baliza adversária. Ainda assim fazem mesmo o primeiro golo da partida, mas o Vulcão ainda empata nos minutos seguintes e criou mais perigo nas suas jogadas na fase final da primeira parte. Ao intervalo 1-1. Na 2ª parte o Central Mensageiro teve novamente mais posse e melhorou a sua pontaria, conseguindo alcançar uma vantagem de 3-1, só respondendo novamente o Vulcão a seguir, ao conseguir reduzir para 3-2. O Central Mensageiro estava muito forte na ponta final da partida e não deixava o Vulcão ter bola, impossibilitando assim os seus ataques perigosos e vencendo o jogo por 5-2 com mais 2 golos apontados.

.

Alvalade

Domingo, 09 de Julho.

19h00 – Dream Team 5-4 CP4L (Divisão de Elite – 5ª Jornada)

21h00 – AMBCV 4-6 Black Power (Divisão de Elite – 5ª Jornada)

 

Damaia

Domingo, 09 de Julho.

21h00 – Central Mensageiro 5-2 Vulcão FC (Divisão de Elite – 5ª Jornada)

ÚNICO CENÁRIO POSSÍVEL PARA SAGRAR CAMPEÃ A EQUIPA DA MALTADODESPORTO ACONTECEU NO JOGO ENTRE MAMAS FC E NEW TEAM! VITÓRIA DA EQUIPA DO MAMAS FC POR UM GOLO DE DIFERENÇA PERMITIU AOS JOGADORES DA MALTADODESPORTO FESTEJARAM O TÍTULO EM CASA!

 

 

Mamas FC 3-2 New Team

Primeira parte muito calma apenas com um golo do Mamas FC a brindar aquele que se intitulava como o jogo do título. A bola andou a circular muito pelo meio campo e alguma dificuldade em ambas as equipas para penetrar as defesas adversárias. Na segunda parte as equipas baixaram um pouco a atenção nas suas defesas pois havia necessidade de fazer golos para poder conquistar o título, e numa fase em que a New Team tem uma grande penalidade a seu favor, vê a mesma ser defendida pelo guarda-redes adversário e no pior cenário possível vê logo de seguida Diogo Monteiro fazer um golo fantástico de fora da área que coloca o Mamas FC a vencer por 2-0 e com o resultado mínimo para se sagrarem campeões em mãos. Pouco depois o Mamas FC chega mesmo ao 3-0 e tudo começa a dar a entender que as contas do título poderiam estar resolvidas, até que surge a resposta da New Team que perto do final faz 2 golos e conclui a partida num 3-2. Precisando a New Team pelo menos do empate e a equipa do Mamas FC de vencer por 2 golos de diferença para fazerem de imediato a festa do título, vêm-se obrigados a esperar alguns minutos após o apito final pelas contas que ditariam o vencedor desta competição, e tendo mesmo que chegar ao 4º critério de desempate para ter essa tão aguardada decisão, acabou por se confirmar o pior cenário possível para as duas equipas presentes em campo, que garantiu o 3º Lugar à New Team, 2º Lugar ao Mamas FC e o título de Campeões da 2ª Liga à equipa da MaltaDoDesporto que se encontrava em casa à espera deste resultado apenas.

.

Pornmouth 0-5 MaltaDoDesporto

Vitória para a equipa da MaltaDoDesporto, beneficiando da falta de comparência do seu adversário.

.

Alvalade

Domingo, 09 de Julho.

22h00 – Mamas FC 3-2 New Team (2ª Liga Ap. Campeão – 5ª Jornada)

.

Belém

Domingo, 09 de Julho.

18h00 – Pornmouth 0-5 MaltaDoDesporto (2ª Liga Ap. Campeão – 5ª Jornada)

AOS PASTÉIS VINTAGE (S1) E BOCA (S5) JUNTARAM-SE APÓS ESTA ÚLTIMA JORNADA NOS QUARTOS-DE-FINAL DA PROVA, AS EQUIPAS DO UNITED FC (S2), GRD OS FIXES (S3), T.B.V. BROOKLYN (S4) E UNIDOS SPORTING CLUBE (S6) ENQUANTO PRIMEIROS CLASSIFICADOS! APURADAS ENQUANTO MELHORES SEGUNDAS CLASSIFICADAS FORAM AS EQUIPAS DO ASTON BILHA (S5) E TELHEIRAS FC (S1)!

 

Para definição dos melhores segundos, dado que existem duas ligas de apenas 5 equipas e quatro ligas de 6 equipas, para que tudo ficasse equivalente, foi retirado a todos os segundos classificados das ligas de 6 equipas o jogo frente ao último classificado da sua série. Contas feitas, os resultados foram assim os seguintes:

 

Apuramento dos Melhores 2º Classificados
Aston Bilha – 9 Pontos, 33 GM, 9 GS (+24)
Telheiras FC – 9 Pontos, 20 GM, 9 GS (+11)
Recreativo do Libolo – 9 Pontos, 19 GM,9 GS (+10)
Lisbon Cowboys – 9 Pontos, 22 GM, 16 GS (+6)
Olímpico da Falagueira – 9 Pontos, 17 GM, 12 GS (+5)
Borussia Dormetudo – 7 Pontos, 16 GM, 8 GS, (+8)

 

SDC 0-5 FC Piedense

Vitória para a equipa do FC Piedense, beneficiando da falta de comparência do seu adversário.

 

Lisbon City FC 0-5 Telheiras FC

Vitória para a equipa do Telheiras FC, beneficiando da falta de comparência do seu adversário.

 

RedTails United 3-3 Pastéis Vintage

Num jogo com um ambiente muito relaxado os RedTails utilizaram alguns dos jogadores que normalmente jogam menos, tendo oportunidade de se mostrar. RedTails deixou-se levar pelo resultado e na segunda parte os Pastéis Vintage conseguiram mesmo o empate. Bruno Resende e Valter Silva a contribuírem cada um com o seu esforço em prol da vitória. Pastéis Vintage estão de parabéns pois mesmo estando sempre a perder, nunca baixaram a cabeça e conseguiram reduzir a desvantagem e somar mais um  ponto na recta final da liga.

 

Os Magriços 3-6 Lista Exigente

Partida emotiva que contou com duas reviravoltas no resultado. A Lista Exigente entrou melhor na partida e inaugurou o marcador aos 5 minutos por Francisco Marcos após jogada de insistência de José Santos. Os Magriços equilibraram as contas e num espaço de 2 minutos fazem 2 golos (14 e 15 minutos) primeiro de livre direto e depois num forte e colocado remate de Duarte Amaral. Ao intervalo: 2-1. No 2º tempo Os Magriços começaram melhor dilatando a vantagem aos 28 minutos após recuperarem a bola em zona adiantada (3-1). A Lista Exigente reduziu aos 33 minutos em lance aéreo, empatou aos 36 minutos após insistência e completaram a cambalhota no marcador aos 42 minutos em mais uma cabeçada, com Jean Barradas a bisar no encontro. Os Magriços ainda tentaram mas não conseguiram contrariar o adversário e até final a Lista Exigente marcou por mais duas vezes.

 

Recreativo do Libolo 4-2 Café Praceta

Partida equilibrada e disputada durante os primeiros 25 minutos, no 2º tempo o Café Praceta revelou algum desgaste e os seus golos surgiram já perto do fim. O Recreativo do Libolo abriu o marcador aos 5 minutos após Fábio Brito isolar Anaíldo com um passe a rasgar pela esquerda. O Praceta equilibrou mas tinha a pontaria algo desafinada. O Libolo aproveitou e aos 18 minutos ampliou a vantagem numa boa jogada coletiva, bis de Anaíldo. Ao intervalo: 2-0. Na 2ª parte o Libolo entrou decidido a resolver o quanto antes a partida e à passagem do minuto 28 Jandir aumentou a diferença para 3 golos. A resposta do Praceta apareceu aos 38 minutos e ainda antes do meio-campo Pedro Santos reduz para 3-1. Até final registo ainda para mais um golo para cada lado mas o vencedor já estava encontrado.

 

United FC 7-1 Filhos do Pai

O United FC entrou, como vem sendo hábito, a controlar o ritmo da partida fazendo a bola girar entre os seus elementos. Por alguma razão ainda por explicar, neste primeiro tempo não foram muito rematadores, e dos poucos que fizeram apenas um foi na baliza, curiosamente deu o único golo nos primeiros 25 minutos. No 2º tempo teve de ser o capitão Miguel Namorado a mostrar como se faz ampliando a vantagem para 2 golos aos 30 minutos. Aos 33 minutos beneficiam de um auto-golo e a partir daí marcaram com mais naturalidade. Ainda assim, dos 9 remates executados na 2ª parte, 7 foram na baliza e desses, 6 deram golo. Os Filhos do Pai aguentaram a ofensiva contrária o máximo que puderam durante a 1ª parte, no segundo tempo libertaram-se, foram mais rematadores e chegaram ao golo pelo seu capitão Mateus aos 47 minutos.

 

Borussia Dormetudo 3-4 GRD Os Fixes

Borussia Dormetudo entra muito bem no jogo e no primeiro remate à baliza surpreende logo o Guarda-Redes adversário. No segundo remate quase fazem golo, demonstrando também um pouco da desorganização inicial d’Os Fixes, até que Ricardo Rola e Raul Pinto dão a volta ao resultado ainda na primeira parte! Na segunda parte Gonçalo Santos dos Fixes recupera uma bola a meio campo e a partir de uma triangulação faz o golo que dá uma vantagem mais controlada para a sua equipa. Aos 43 minutos Ruben Gonzalez desvia a bola de um livre direto, originando um auto-golo e mesmo a terminar João Salta reduz, terminando o jogo com uma vitória pela margem mínima para a equipa dos Fixes, que foi assim suficiente para os colocar directamente na próxima fase da competição.

 

PH F.C. 10-1 Carcaças FC

Vitória incontestável dos PH, a equipa mostrou-te bastante eficaz no primeiro tempo e na 2ª parte aproveitaram o desgaste dos Carcaças para serem bastante mais rematadores. A partida começou algo equilibrada mas Leonardo Rocha estava numa tarde inspirada e fez os dois golos iniciais do jogo e da sua equipa (aos 8 e 10 minutos). A resposta dos Carcaças surgiu de imediato e no minuto seguinte Rodrigo Castro reduz a diferença para apenas 1 golo. Os PH continuaram mais ofensivos, Leonardo chegou ao hat-trick aos 16 minutos e aos 21 foi Rúben Machado de cabeça a fechar o resultado que se verificava ao intervalo: 4-1. No 2º tempo os PH não tiraram o pé do acelerador, os Carcaças foram incapazes de os conter e foi com naturalidade que os PH conseguiram mais 6 golos.

 

GDRB Roussada 1-3 Olímpico da Falagueira

Jogo bastante equilibrado com GDRB Roussada a ter mais posse de bola e a ser mais eficaz durante a 1ª parte, indo para o intervalo a vencer por 1-0. Na 2ª parte manteve-se o equilíbrio, mas o Olímpico da Falagueira sempre a correr atrás do resultado e a ter mais eficácia, conseguiu não só a reviravolta no marcador como levar de vencidos os seus adversários por 1-3.

 

T.B.V. Brooklyn 5-4 Olímpico da Falagueira

Na 1ª parte a equipa da Falagueira entrou melhor no jogo e marcou logo dois golos muito cedo. O TBV Brooklyn depois desses golos acordou para o jogo e antes do intervalo consegue passar para a frente do marcador consumando a reviravolta (3-2). Na 2ª parte assistiu-se a um jogo bastante equilibrado, novamente o Falagueira a entrar melhor nesta parte e consegue passar para a frente do marcador fazendo uma nova reviravolta na partida (3-4). Mas o TBV Brooklyn correu atrás do resultado e antes do final da partida voltou a passar para a frente do marcador (5-4) e venceu os desejados 3 pontos que lhes garantiram a passagem à próxima fase da competição.

 

ODC Warrior 10-1 GDRB Roussada

O jogo começou dividido com ambas as equipas a procurar o golo cedo, golo que aparecia logo aos 4 minutos para os ODC Warrior, mas o GDRB Roussada na resposta aos 6 minutos fazia o empate e o jogo parecia ser equilibrado, mas aos 9 minutos os ODC Warrior com mais perigo faziam o 2-1, resultado que se verificou ao intervalo, justo pela maior posse de bola dos ODC Warrior até ai. Na segunda parte o GDRB Roussada não conseguia fazer circulação de bola e jogava apenas no pontapé para a frente, o que permitiu aos ODC Warrior recuperar quase sempre a bola em boas condições de construir jogadas de perigo, o que ia acontecendo e acumulando as oportunidades, que se foram transformando em golos até ao 10-1 final.

 

BOCA 12-1 Atlético Calcitrin

Jogo sem grande história, onde a equipa do BOCA já estava apurada para a fase seguinte da competição e não foi tendo dificuldades para assegurar uma vantagem confortável ao longo da partida, acabando mesmo por vencer por uma margem de 11 golos e terminar a fase de grupos só com vitórias. Esta equipa segue agora como uma séria candidata à conquista desta Liga de Verão, pois para além desta prova conseguiu também alcançar a Final Four da Taça Sevens.

 

Toyzecos 1-6 Unidos Sporting Clube

Início de jogo equilibrado, com as duas equipas a apresentarem ideias de jogo diferenciadas, enquanto os Unidos SC apostavam num jogo individual os Toyzecos tentavam jogar de forma unida. Apesar do primeiro lance de perigo ter sido dos Toyzecos, esbarrando no poste da baliza do adversário, o primeiro golo foi marcado para a equipa dos Unidos SC aos oito minutos. As duas equipas iam preocupando-se mais com o ataque do que com a defesa e as oportunidades iam-se sucedendo. Cesar Pinto (Unidos SC) a marcar o 0-2 num remate de longa distância, enquanto Diogo Carrilho em cima do intervalo a reduzir para 1-2. A indecisão do resultado viria a durar mais cinco minutos, altura em que os Unidos SC conseguem não só marcar o 1-3 como em cinco minutos conseguem marcar quatro golos, passando o resultado a marcar 1-6, com destaque para Cesar Pinto e Josué Coelho ambos a bisar no jogo. Até ao final do encontro os Toyzecos iam tendo oportunidades para reduzir mas iam terminando nas mãos do guarda-redes adversário ou nos ferros da baliza dos Unidos SC. Resultado final de 1-6.

 

Alvalade

Quinta-Feira, 06 de Julho.

22h30 – Toyzecos 1-6 Unidos Sporting Clube (Liga de Verão Série 6 – 5ª Jornada)

 

Domingo, 09 de Julho.

17h00 – SDC 0-5 FC Piedense (Liga de Verão Série 1 – 5ª Jornada)

18h00 – Borussia Dormetudo 3-4 GRD Os Fixes (Liga de Verão Série 3 – 5ª Jornada)

20h00 – Lisbon City FC 0-5 Telheiras FC (Liga de Verão Série 1 – 5ª Jornada)

22h00 – Mamas FC 3-2 New Team (2ª Liga Ap. Campeão – 5ª Jornada)

23h00 – RedTails United 3-3 Pastéis Vintage (Liga de Verão Série 1 – 5ª Jornada)

 

Belém

Domingo, 09 de Julho.

17h00 – Os Magriços 3-6 Lista Exigente (Liga de Verão Série 2 – 5ª Jornada)

19h00 – Recreativo do Libolo 4-2 Café Praceta (Liga de Verão Série 2 – 5ª Jornada)

20h00 – PH F.C. 10-1 Carcaças FC (Liga de Verão Série 3 – 5ª Jornada)

21h00 – United FC 7-1 Filhos do Pai (Liga de Verão Série 2 – 5ª Jornada)

 

Damaia

Sexta-Feira, 07 de Julho.

22h00 – GDRB Roussada 1-3 Olímpico da Falagueira (Liga de Verão Série 4 – 2ª Jornada)

 

Domingo, 09 de Julho.

22h00 – T.B.V. Brooklyn 5-4 Olímpico da Falagueira (Liga de Verão Série 4 – 5ª Jornada)

 

Mem-Martins

Domingo, 09 de Julho.

22h00 – BOCA 12-1 Atlético Calcitrin (Liga de Verão Série 5 – 5ª Jornada)

 

Odivelas

Domingo, 09 de Julho.

20h00 – ODC Warrior 10-1 GDRB Roussada (Liga de Verão Série 4 – 5ª Jornada)